Audiência debate Vara Especializada em violência contra a mulher

por Victor Vargas — publicado 14/08/2014 00h00, última modificação 08/11/2018 13h45
Na manhã desta quarta-feira (13), na Câmara Municipal de Caruaru, foi realizada a primeira...

Na manhã desta quarta-feira (13), na Câmara Municipal de Caruaru, foi realizada a primeira Audiência Pública do semestre, que teve como principal objetivo juntar os apoios da sociedade para reivindicar a agilidade na implantação da Vara Especializada em Violência Doméstica e Familiar contra a mulher em Caruaru, além de fazer parte da programação do Mês do Advogado, promovida pela OAB.

O debate foi convocado pelo presidente da Casa, Leonardo Chaves (PSD), e teve a mesa composta pelo presidente da OAB Caruaru, Almério Abílio, a presidente substituta da Comissão da Mulher, Clélia Mergulhão, e a secretária municipal da Mulher e Direitos Humanos, Katherine Lages. Estiveram presentes também representantes do Centro de Referência da Mulher em Caruaru e estudantes de Direito das faculdades Asces e Favip.
O presidente Leonardo Chaves fez um balanço positivo da reunião, que serve para repensar as atitudes das políticas públicas do município. O governo deve reforçar a atenção com a essa causa. “É preciso agilidade na implantação da Vara, Caruaru precisa tratar especificamente dos crimes contra a mulher” destacou o presidente.

O presidente da OAB Caruaru, Almério Abílio, reforçou a importância desta vara especializada e não de uma vara comum, pois, irá trazer maior atenção a cada caso especifico. Segundo a secretária Katherine Lages, existem 66 varas especializadas no Brasil e é preciso duplicar esse número: “Precisamos nos fortalecer para a chegada dessa vara em Caruaru. Só ano passado foram registrados 562 casos de violência contra a mulher”, frisou.

Guanabara Comunicação/AscomCâmara

registrado em: