Câmara analisou mais de 1200 proposituras no primeiro semestre de 2019

por Núcleo de Comunicação Externa do Poder Legislativo de Caruaru — publicado 04/07/2019 19h26, última modificação 04/07/2019 19h26

Durante o primeiro semestre de 2019 a Câmara Municipal de Caruaru foi palco para a discussão e aprovação de mais de 1.200 proposituras entre projetos de lei, requerimentos e indicações que beneficiaram o município. Só nos primeiros seis meses do ano, os parlamentares deliberaram sobre 1.244 requerimentos, 81 indicações e 134 projetos de lei.

Projeto de Lei, como o que beneficiou os mototaxistas com o aumento do tempo de vida útil dos veículos, por exemplo, marcou as decisões do semestre. Outra grande iniciativa aprovada pelos parlamentares foi a proibição do uso de canudos plásticos em Caruaru, contribuindo com a preservação do meio ambiente, projeto aprovado em unanimidade pelo plenário da Casa.

A Câmara também aprovou o aumento do piso dos agentes de saúde de Caruaru, que estava há cinco anos congelado, reajuste dos médicos, enfermeiros e o Plano de Cargos e Carreiras (PCC) da Destra.

 A pauta que trata sobre o bem estar animal ganhou destaque, já que agora os pets domésticos podem ser transportados nos ônibus da cidade, poupando o tempo e o dinheiro de quem não pode pagar um transporte individual.

Comissões

As comissões parlamentares também tiveram papel importante nas análises e discussões com a participação dos vereadores, o corpo jurídico e os profissionais das áreas discutidas, como sindicatos e representantes do Poder Executivo.  Foram 469 pareceres dados nos seis primeiros meses de 2019.

Transparência

A Casa Jornalista José Carlos Florêncio foi destaque mais uma vez no ranking de transparência do Tribunal de Contas do Estado (TCE). O ITPME (índice de transparência das Câmaras Municipais de Pernambuco), criado pelo TCE, apontou a Casa Jornalista José Carlos Florêncio como a quinta Câmara mais transparente, assim como em 2017 – ficando na frente de municípios como Recife, Olinda e Jaboatão dos Guararapes.

“Nós estamos com um sentimento de dever cumprido diante da sociedade de Caruaru, porque a Câmara de Vereadores não só autorizou como deu poder para o Poder Executivo, no caso a Prefeitura, de elaborar projetos e trabalhar em função da sociedade, como também vem abrindo as portas para que os sindicatos, as entidades representadas por diretorias e a sociedade como um todo, estar presente aqui na casa. Tivemos debates importantes com várias categorias" destaca o Presidente da Câmara, vereador Lula Tôrres.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.