Câmara promove audiência com foco no serviço de táxi

por Victor Vargas — publicado 26/11/2014 23h00, última modificação 08/11/2018 13h46
Foi realizada nesta quarta-feira (26), na Câmara Municipal de Caruaru, uma Audiência Pública, solicitada...

Foi realizada nesta quarta-feira (26), na Câmara Municipal de Caruaru, uma Audiência Pública, solicitada pelo vereador Heleno do Inocoop (PRTB), que teve início às 10h. A pauta da audiência foi a padronização visual das frotas de táxis, além de ampliação, fiscalização e segurança das praças de táxis em Caruaru.

A mesa dirigente dos trabalhos foi presidida pelo vereador Heleno do Inocoop e composta pelo gerente de transportes da Destra, Jairon Pacheco; pelo diretor de trânsito e transportes da entidade, Alex Monteiro; pelo diretor-presidente da autarquia, Ten.Cel. Jailson Pacheco; pelo presidente do Sindicato dos Taxistas de Caruaru, Cícero Moreira, e pelo inspetor da Policia Rodoviária Federal, Alexandre Leite.

A plateia estava lotada de representantes dos sindicatos e taxistas de várias praças em Caruaru, como da Unimed, do Shopping Difusora, do Expedicionário e do Assaí, entre outras.

Segundo o presidente do sindicato, Cícero Moreira, Caruaru é a única cidade que não tem identificação especifica para o usuário. “Aqui nesta cidade, 70 % da frota de táxi é nova e aumenta todo dia, não é fácil caracterizar esse tipo de transporte remunerado, mas vamos trabalhar pra isso” destacou.

Já para o vereador Heleno do Inocoop, a única forma de regularizar é tirando de circulação os carros irregulares que estão na cidade. “Isto tudo traz um grande prejuízo para os taxistas”, ressaltou o parlamentar, que destacou também a falta de sinalização nas praças. “A praça da Rua Leão Dourado está totalmente sem sinalização, já foi solicitado através de requerimento todos esses ajustes, além de um projeto com câmeras de monitoramento”. Heleno falou ainda de projetos para a praça de táxi do Assaí e da Unimed.

A audiência foi concluída com uma sessão de perguntas e respostas, onde os presentes puderam expor suas opiniões e sugestões.

Rebecca Moura/AscomCâmara

registrado em: