Destaques da reunião da comissão de legislação e redação de leis desta sexta-feira (10)

por Thayna Leite Estagiária de Jornalismo(com supervisão de Catiane Damas) — publicado 10/05/2019 12h13, última modificação 10/05/2019 12h13
A comissão de legislação e redação de leis se reuniu nesta sexta-feira (10) para debater assuntos que influenciam diretamente no meio ambiente, nos direitos das mulheres e acompanhamento psicológico dos pequenos cidadãos Caruaruenses.

 

O descarte correto de medicamentos pode salvar vidas
Aprovado por unanimidade na reunião um tema importante, mas ainda sem visibilidade: O descarte adequado de medicamentes que estão em desuso. Você imagina para onde vai tudo o que você joga no lixo? Já imaginou que os medicamentos que você usa para melhorar um sintoma pode ser prejudicial a outras pessoas e até mesmo ao meio-ambiente se não for descartado de forma adequada? Um elemento que pode ser altamente tóxico e, portanto, agravar os problemas de saúde pública. Pensando nisso, o vereador Tafarel criou o projeto de Lei (PL nº 8.050/2019) que cria um sistema de descarte apropriado desses componentes químicos e conscientiza a população sobre a importância de ter esse cuidado com a saúde pública e com o meio ambiente. O PL segue para o parlamento para ser votado pela totalidade dos vereadores.


Criação do Projeto de lei que visa o acompanhamento psicológico nas escolas
É ainda na infância e na adolescência que o caráter está em processo de formação e impactará diretamente na vida adulta do indivíduo. O acompanhamento psicológico das nossas crianças, de forma preventiva, é de suma importância para desenvolvimento e formação das futuras gerações. Com atenção a este assunto, o vereador Moysés Santos elaborou o PL de nº 8.095/2019 que estabelece a obrigatoriedade da presença de profissionais de psicologia nas escolas de ensino infantil e fundamental no município de Caruaru. Aprovado pela comissão, o projeto segue agora para votação dos demais parlamentares.

Semana da conscientização em prol das mulheres
Esteve em votação também, melhores condições de cidadania para as mulheres. Segurança e apoio da sociedade são indispensáveis para que a mulher ganhe cada vez mais o seu espaço na sociedade. Para isso,,,,, a comissão debateu os projetos de leis que viabilizam a criação da semana da conscientização do combate ao feminicídio. O texto agora segue para discussão no parlamento.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.