Destaques da sessão ordinária desta Terça-Feira (2): Compesa e capacitação de servidores ganham espaço na tribuna

por Thayná Leite - Estagiária de Jornalismo (com supervisão de Catiane Damas) — publicado 03/04/2019 13h40, última modificação 07/05/2019 15h57

Devido às obras realizadas pela Compesa, as vias de Caruaru estão com problemas de infraestrutura e os parlamentares cobram o posicionamento do Poder Executivo e da empresa que fornece o saneamento básico para solucionar a questão. Ainda durante a sessão, o projeto de Lei 80/2019 que incentiva os servidores da Câmara a se capacitarem, assim como a lei da proibição de fornecimento de canudos na capital do forró são discutidos na casa.

 

Obras da Compesa causam transtorno por comprometer a infraestrutura da cidade

O Vereador Duda do Vassoural (PRTB) fez o uso da tribuna para reivindicar da Compesa solução para o problema dos buracos nas ruas causados pelas obras da empresa. O edil pede também o posicionamento da prefeitura sobre como será resolvido o incomodo dos asfaltos.

Os vereadores Ítalo Henrique (PSD) e Edjailson também compartilharam a insatisfação com a Compesa e cobraram uma posição do Poder Executivo. Do mesmo modo, o presidente da Câmara, Lula Tôrres (PSDB) se posicionou diante da questão e criticou as escavações realizadas nas ruas, sem o devido fechamento das mesmas. Outra situação mencionada pelo presidente são as Inclinações nas ruas de algumas localidades em Caruaru que contribuem para acidentes de trânsito.

 

Qualificação dos servidores da Câmara é centro de atenção dos Parlamentares

A sessão ainda contou com uma extraordinária e o vereador Daniel Finizola discorreu na tribuna sobre o projeto de lei de n° 80/2019 de autoria da mesa diretora, que visa facilitar a busca de qualificações dos funcionários da Câmara a assim disponibilizar auxílios para quem se especializar. Apesar de haver oposição por parte de alguns Edis, a aprovação do benefício foi bem recebida e apoiada pela maioria dos parlamentares por garantir maior qualidade aos trabalhos realizados pela casa e entregar maior eficiência do serviço. Em defesa do projeto, o edil Marcelo Gomes (PSB), argumentou que ninguém quer se aposentar com o mesmo salário com que iniciou a carreira e que o objetivo do trabalhador é poder ter a oportunidade de aumentar a sua renda. E a especialização é o meio mais justo para que esses profissionais possam, no âmbito da carreira que exerce galgar patamares mais elevados e explicou a importância de valorizar os servidores que buscam se profissionalizar cada vez mais.

 

Projeto que visa coibir o uso do canudo em Caruaru é aprovado em segunda discussão

O projeto de lei de n° 788/2018 de autoria do vereador Marcelo Gomes (PSB), ganhou notoriedade no plenário. E, mais uma vez, foi aprovado por seus pares.  Contudo, a aprovação não foi unânime: dois vereadores votaram contra e outros dois preferiram a absterem-se de votar pela aprovação da lei que proíbe o fornecimento de canudos descartáveis em pontos comerciais, como, bares, hotéis, restaurantes, casas noturnas e outros estabelecimentos afins na cidade de Caruaru.

De acordo com justificativa do projeto, além de serem nocivos ao meio ambiente, os canudos plásticos contêm Bisfenol A (BPA), um produto químico empregado que imita a atividade de hormônios, como o estrógeno no corpo, o que pode levar a distúrbios reprodutivos, câncer de mama e de próstata, diabetes, doenças cardíacas e outros comprometimentos de saúde.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.