Gestores da Casa de Saúde Bom Jesus recebem comissão parlamentar

por Victor Vargas — publicado 19/10/2013 00h00, última modificação 08/11/2018 13h41
Requerida pelo vereador Neto (PMN), uma comissão parlamentar – presidida pelo vereador...

Requerida pelo vereador Neto (PMN), uma comissão parlamentar – presidida pelo vereador Ranilson Enfermeiro (PTB) – visitou a Casa de Saúde Bom Jesus no final da tarde desta sexta-feira (18), com a missão de ouvir dos gestores as ocorrências de denúncias de falta de estrutura, pessoal e atenção com os pacientes – fatos que culminaram com quatro óbitos em série nos últimos dias.

A comissão parlamentar – que foi recebida pela jornalista Jorge Luiz – assessor de imprensa da Secretaria de Saúde da PMC e, posteriormente, pelos gestores – diretora da CSBJ – médica Ida Guerra e apoiadora institucional, enfermeira Salete Jordão, e o diretor de epidemiologia Paulo Florêncio – foi composta pelos edis Ranilson Enfermeiro (PTB), Louro do Juá (DEM), Joseval Val (DEM), Pastor Jadiel Nascimento (PROS), Neto (PMN) e Gilberto de Dora (PSB).

Recebidos pelos gestores – na recepção principal da CSBJ, os vereadores foram levados para uma sala de reuniões no primeiro andar – direto – sem visitas às dependências do CSBJ – e participaram com os gestores, imprensa e assessorias políticas de edis – de sabatina, exposição de razões e cobranças pelas denúncias, óbitos e gestão de Polícia Civil e Ministério Público na apuração dos fatos ocorridos e amplamente já divulgados pelos veículos de comunicação de Caruaru e do Estado nesses primeiros dias de outubro.

“Não é possível generalizar, reconhecemos as dificuldades – estamos colaborando com as investigações do Ministério Público, da polícia e vamos responder todas as questões levantadas pela Comissão de Saúde da Câmara Municipal. Temos capacidade para 300 partos/mês e 77% das crianças de Caruaru estão nascendo aqui”, frisou, durante o encontro, a apoiadora Salete Jordão. A diretora da CSBJ, que chegou a se emocionar durante as cobranças, revelou que as denúncias de maus tratos por parte dos funcionários junto à população apresentam conteúdo que não é a orientação dada pela direção do hospital e os culpados serão penalizados.

Todos os vereadores expuseram denúncias, pediram esclarecimentos e narraram situações de envolvimento pessoal em situações inadequadas de procedimentos médicos e gerenciais hospitalares. “Solicitamos o protocolo e todo o conteúdo de tudo que foi enviado e recebido pelo Ministério Público”, destacou, após o encontro, o vereador Louro do Juá. O presidente da Comissão Parlamentar e membro da Comissão de Saúde, Ranilson Enfermeiro, declarou, após o encontro, que a recepção dos gestores correspondeu ao que se esperava e que a Comissão Parlamentar vai produzir relatório para dar ciência ao público no Plenário da Câmara e pela imprensa. “A visita às dependências da CSBJ foi dispensada pela farta exposição de imagens disponibilizada pelos vereadores Louro do Juá e Gilberto de Dora na Reunião Pública da quinta-feira (17)”, frisou Ranilson Enfermeiro.

Guanabara Comunicação/AscomCâmara

registrado em: