Idealização de projetos de leis que visam à liberdade, saúde e segurança dos cidadãos são projetados no plenário

por Thayna Leite Estagiária de Jornalismo(com supervisão de Catiane Damas) — publicado 17/04/2019 10h20, última modificação 17/04/2019 16h31
A sessão Ordinária desta terça-feira (16) aprovou cerca de 80 projetos de leis, entre eles estiveram propostas de que dão mais apoio aos cidadãos e planos que facilitarão ainda mais o dia a dia da comunidade caruaruense.
Idealização de projetos de leis que visam à liberdade, saúde e segurança dos cidadãos são projetados no plenário

Foto de Vladimir Barreto

Aprovado o projeto de lei que institui dia da liberdade de expressão em Caruaru

De acordo com o PL de número nº 7845 de 2018, de autoria do vereador Cecílio Pedro, o dia 05 de outubro não será mais apenas para comemoração do aniversário da Constituição da República do Brasil, nesse dia do ano também será celebrado como dia da liberdade de expressão. O regulamento foi a provado em segundo turno e institui no calendário oficial de eventos do município de Caruaru, o Dia da Liberdade de Expressão e de Crença, como forma de lembrete de que vivemos em democracia e todo cidadão tem participação na sociedade.

 

Alunos da rede pública portadores de diabetes terão acompanhamento profissional nas escolas

Aprovado por unanimidade, o documento de número nº 855 de 2019, que disponibiliza profissional habilitado para teste de glicemia e a aplicação de insulina em Crianças e adolescentes portadores de diabete em todas as escolas da rede pública na cidade de Caruaru. A iniciativa partiu do vereador Fagner Fernandes, com a preocupação dos índices que chega a quase um milhão de registros da doença nos juvenis. Devido ao grande número de casos, o monitoramento da glicose e o uso da insulina devem ser feitos diariamente e é administrada via subcutânea, através de seringas, canetas aplicadoras ou bomba de infusão contínua o que torna importante ter no âmbito das escolas profissionais habilitados a lidar com esta doença.

 

Plano de inserir uma plataforma nos transportes públicos para facilitar denúncias de assédio é apresentada no plenário

A solicitação do recurso que auxilia as vítimas de assédio vem em forma de uma plataforma denominada “Nina”, onde facilitará o processo de denúncia de casos de assédio. A solução apresentada pelo presidente da Câmara Lula Tôrres (nº 896 de 2019) permite o mapeamento real nos transportes públicos, ajudando a identificar as linhas e os pontos onde ocorreram as situações abusivas. Quando acionado, o botão de denúncia da plataforma ativará a gravação por vídeo-monitoramento nos ônibus, que serão encaminhados à Polícia Civil de Pernambuco. Algo que possibilitará que a vítima ou testemunha, ao denunciar o caso à Delegacia da Mulher, detenha da prova do fato ocorrido.  

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.