Semáforo a luz solar e regulamentação de transporte de animais domésticos são discutidos em plenário

por Núcleo de Comunicação Social — publicado 05/04/2019 08h05, última modificação 05/04/2019 11h38
A Câmara de Caruaru discute projetos com foco na sustentabilidade e bem estar da população

Projeto de Lei quer que os semáforos de Caruaru funcionem com energia solar

Projeto de Lei de autoria do vereador Lula Tôrres visa o aproveitamento dos raios de sol nos semáforos da cidade, de olho na sustentabilidade e melhoria da eficiência energética. O documento de nº 7.744 de 2018 se baseia em pesquisas que apontam que no Brasil há condições muito favoráveis para a realização desta iniciativa, já que em um levantamento recente ficou constatado que o país recebe 2,2 mil horas de insolação, suficientes para gerar 15 trilhões de megawatts. Em casos de apagão devido a chuvas fortes é uma excelente solução para que o deslocamento de pessoas no trânsito não seja prejudicado.

Para o gabinete do vereador, se a tecnologia atual permite que os semáforos funcionem tendo como fonte a utilização de energia solar, então, já é hora da implantação dessa energia. Infelizmente ainda é natural na nossa sociedade presenciarmos enormes gastos diários desnecessários com energia e nem sequer nos damos conta.

O projeto recebeu apoio dos parlamentares e bastante elogiado pelos  vereadores Daniel Finizola (PT), Bruno Lambreta (PDT) e Fagner Fernandes e foi aprovado por unanimidade do pleito em primeira discussão.

 

O transporte de animais de estimação pode ser regulamentado no município

Os animais estão cada vez mais inseridos nas famílias brasileiras, sendo criados com amor, cuidado e carinho. Em muitas situações, as pessoas deixam de sair de casa por não ter como levar os seus animais e não querem deixá-los sozinhos em casa. Nos últimos tempos, tem se noticiado que muitos animais perderam a vida por serem transportados de forma irregular, além de diversos deles que desaparecem em terminais rodoviários quando não permitem que os seus proprietários os transportem.

O Projeto de Lei apresentado pelo vereador Fagner Fernandes (n° 7769 de 2018) com finalidade de evitar que incidentes desta natureza continuem a ocorrer, além de permitir melhores condições de transporte para os animais em toda a cidade de maneira, busca estipular regras e meios para que a presença dos amigos de quatro patas em transportes públicos não incomodem os demais passageiros.

O texto do projeto, que recebeu aprovação da totalidade dos membros presentes na reunião, lembra que muitas pessoas que possuem um animal de estimação não possuem um automóvel próprio, sendo muito útil poder contar com o transporte público quando é necessário leva-los a uma consulta veterinária, a um posto de vacinação, entre outras situações.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.